Quando uma unha encrava além da dor que ela proporciona ela abre uma porta para infecções que podem ser graves dependendo do seu estado de saúde. Por isso é importante evitar que elas encravem e se encravarem devemos dar o tratamento devido.
Normalmente as causas das unhas encravadas são o uso contínuo de sapato apertado e o mau hábito de cortar as unhas até muito rente a pele e não lixa-las, mas o formato da unha da pessoa pode influenciar também.
O correto quando uma unha encrava é procurar um profissional que vá desencrava-la, não se deve cutucar ou tentar cortar a unha sozinho, você pode se ferir e causar mais problemas.Unhas

Para evitar as unhas encravadas:

  • Não corte as unhas até o “sabugo”, deixe sempre uma pequena porção da borda livre
  • Corte as unhas com formato quadrado e finalize com lixa
  • Não corte os cantinhos das unhas ou arredonde-os
  • Não retire as cutículas, elas protegem as unhas da ação de substâncias químicas e microorganismos
  • Não use calçados apertados ou de bico fino por muito tempo, prefira os de ponta arredondada para períodos longos de uso
  • Se notar qualquer alteração na cor ou textura da unha procure um podólogo

Tratando unhas encravadas:
Depois de procurar um profissional que retire a espícula da unha encravada você deve tomar uma série de cuidados para que a unha sare sem infeccionar.

  1. Não molhe o curativo feito pelo podólogo e limpe os pés com um algodão embebido em álcool.
  2. Se não existe curativo, você pode limpar a unha com água oxigenada e usar uma pomada cicatrizante.
  3. Não abafe a unha ou use calçados fechados até a unha sarar.
  4. Lixe a superfície da unha com o lado fino da lixa para que ela fique enfraquecida e não volte a encravar.