Seis Semanas para UAU

Após causar muita polêmica nos Estados Unidos e Inglaterra, chegou ao Brasil o livro “Seis Semanas para UAU“, escrito pelo personal trainer londrino Venice A. Fulton (pseudônimo de Paul Khanna). O livro é da Editora Planeta e custa R$ 29,9o.

O motivo de tanta polêmica a respeito do livro e de seu escritor, é a forma que ele usa para ensinar os leitores a perder peso. Entre suas dicas está a abolição do café da manhã, o que causou grande alvoroço entre médicos e nutricionistas ingleses, americanos, e agora os brasileiros também.

Segundo Fulton, fazer exercícios pela manhã de estômago vazio ajuda na queima de gorduras. “Se você move seu corpo quando ele tem pouca energia, esta vai ter que vir de algum lugar”. — Diz o personal, se referindo à gordura do corpo. Mas os nutricionistas afirmam que esta é opção perigosa.

A nutricionista Cristina Diestel disse sobre o caso: — “Ele fala que nas atividades físicas praticadas em jejum, entramos mais rápido na queima de gordura. Isso até é verdade, mas você também perde massa muscular e reduz o metabolismo”. A nutricionista Simone Maia concorda com Cristina e ainda lembra dos perigos que esse hábito pode causar, como problemas no sistema nervoso, levando desde desmaios a danos neurais permanentes, e ainda tem o risco de lesões musculares, devido ao excesso de cansaço.

seis semanas para uau

“Seis semanas para UAU” causa muita polêmica

Banhos Frios?

Além de abolir o café da manhã, outra prática do escritor chama a atenção, que é o banho frio, com temperatura entre 15Cº e 20Cº, por 15 minutos. Segundo Fulton, o banho frio faz com que o organismo gaste mais energia para manter o corpo quente, acelerando o metabolismo pelo resto do dia.

Segundo especialistas, o banho frio realmente acelera o metabolismo, mas não há comprovação científica de que ficará acelerado o dia inteiro.

Refrigerantes liberados?

Para completar a polêmica, o autor diz em seu livro que o consumo de refrigerantes está liberado, desde que se controle o consumo de carboidratos. Depois de tantas pesquisas feitas sobre os danos do açúcar no organismo, esta parte do livro é considerada um “absurdo” pelos nutricionistas.

Diante de tantas críticas, Fulton disse ao jornal inglês “The Telegraph”:

“Eu sei que quando se apresenta uma nova ideia há muita resistência no começo. É quase certo que você vai ser ridicularizado. Mas o importante é tirar essas ideias da obscuridade”.


Pesquisar
Custom Search
Mulher Esperta em seu email

Deixe sua opinião “Seis Semanas para UAU