O Que É Endometriose? Quais São os Sintomas e Tratamentos?

Você costuma sentir cólicas muito fortes? Nós mulheres tendemos a acreditar que essas dores são normais, mas, na verdade, elas podem indicar a existência de algum problema.

Compartilhando com vocês um pouco da minha experiência, desde o início as minhas menstruações sempre vieram acompanhadas de cólicas fortíssimas. Várias vezes fui parar no hospital por causa das dores, mas me considerava uma moça azarada. Somente depois de muitos anos relatei o incômodo para o ginecologista, que logo de cara desconfiou da endometriose. Após um ultrassom endovaginal, a suspeita clínica foi confirmada.

A endometriose é caracterizada por uma inflamação das células do endométrio que se depositam em lugares inadequados. Esse processo é responsável por vários sintomas desagradáveis, como a cólica forte, e pode interferir na fertilidade da mulher.

O que é Endometriose?

A parede interna do útero é revestida por uma camada de muco conhecida como endométrio. É nele que o óvulo se implanta após a fertilização. Por isso, quando não há fertilização o endométrio é eliminado por meio da menstruação. Com o início do período menstrual uma nova camada se forma e o ciclo se repete enquanto não ocorrer a gestação.

Em mulheres com endometriose, esse processe natural é perturbado. As células do endométrio que deveriam ser eliminadas caem no ovário ou na cavidade abdominal, onde crescem como se estivessem no útero. Não existe uma explicação científica para asa causas dessa alteração, mas várias mulheres sofrem com o problema.

Endometriose

Endometriose: entenda como o problema acontece

Sintomas da Endometriose

O principal sintoma da endometriose é a cólica menstrual forte. Esse sinal já é o bastante para que você procure um ginecologista e realize os exames necessários. Além da dor, a endometriose também pode causar:

  • Dor durante as relações sexuais;
  • Sangramentos intestinais e urinários durante a menstruação;
  • Infertilidade.

Em alguns casos, a endometriose pode ser assintomática, dificultando que o problema seja percebido pelo médico e até mesmo pelo médico que a acompanha.

Sobre o diagnóstico, é preciso que o ginecologista solicita alguns exames como: visualização das lesões por laparoscopia, ultrassom endovaginal e ressonância magnética. Nos casos mais avançados de endometriose, um exame de sangue chamado marcador tumoral CA-125 pode mostrar alterações. A forma mais definitiva de fechamento do diagnóstico é a biópsia de material coletado no organismo da mulher.

Tratamento da Endometriose

A forma mais indicada de tratamento para a endometriose é o uso de anticoncepcional de forma contínua para que a mulher pare de menstruar. No entanto, como esse tipo de tratamento pode causar efeitos colaterais, nem sempre é a melhor opção para a mulher que sofre com a doença.

Dependendo do caso, a remoção dos ovários e do útero pode ser recomendada pelo médico. Porém, esse tipo de tratamento é indicado somente para mulheres que já tiveram a quantidade de filhos desejada. Há também situações em que o endométrio causa lesões mais graves e precisa ser removido cirurgicamente.

Com relação à infertilidade, o uso de medicação adequada pode reverter o quadro para que a mulher fique grávida quando desejar. Por isso é importante diagnosticar a endometriose e iniciar o tratamento o quanto antes.


Pesquisar
Custom Search
Mulher Esperta em seu email

Deixe sua opinião “O Que É Endometriose? Quais São os Sintomas e Tratamentos?