Picky Eaters: Crianças com Alimentação Seletiva

A expressão inglesa picky eaters se refere a algo que todo mundo já viu, mesmo sem saber o nome. Sabe aquela criança que simplesmente se recusa a comer certos alimentos? Ela é um picky eater, ou seja, um comedor seletivo. Os pesquisadores estimam que 50% das crianças se enquadram nessa categoria e muitas delas seguem se alimentando mal pelo resto da vida.

Picky Eater

Crianças que não comem frutas e verduras

Aprendendo a Comer

Não se sabe ao certo o que leva os pequenos a rejeitar certos alimentos, mas existem boas hipóteses. Os primeiros anos de vida são marcados por diversos processos aprendizados e um deles envolve aprender a comer. Mesmo parecendo algo natural, a alimentação deve ser ensinada pelos pais, que precisam dar o exemplo e criar estratégias para que a criança descubra novos sabores.

Como Identificar o Distúrbio

Por ser tão comum, o distúrbio acaba sendo tratado com certo descaso pelos pais. Muitos acreditam se tratar de uma fase e deixam a criança comer o que quer, o que pode agravar ainda mais o problema. Se o seu filho se nega a comer alguns alimentos, chora e até mesmo provoca vômito, é hora de consulta um pediatra ou nutricionista especializado no assunto.

O Que Fazer?

Algumas dicas podem ajudar a solucionar o problema em casa:

  • Sempre ofereça frutas e verduras em todas as refeições;
  • Procure variar a forma de preparo do alimento (cozido, assado, cru);
  • Coloque pequenas quantidades de comida, com diversidade de alimentos;
  • Evite dar água ou suco para a criança durante as refeições;
  • Aposte em pratos coloridos e decorados para chamar a atenção do pequeno;
  • Coma os alimentos que a criança costuma rejeitar durante as refeições;
  • Incentive o menor a se alimentar junto com toda a família.

Pesquisar
Custom Search
Mulher Esperta em seu email

Deixe sua opinião “Picky Eaters: Crianças com Alimentação Seletiva