Dicas de como economizar água no dia-a-dia

A cada dia sem chuva, é menos água nos reservatórios das companhias de saneamento e mais risco de racionamento. O Estado de São Paulo está sofrendo a maior estiagem desde 1969 e as chuvas ainda estão longe de chegar. Enquanto os níveis não se normalizam cabe a cada um de nós fazer sua parte e economizar este bem tão importante nas nossas vidas.

O uso racional da água fará com que diminua o risco de ficarmos definitivamente sem ela. Tudo é questão de costume e educação. São só vantagens, além de consciência tranquila, a garantia da água não acabar, seu bolso também agradece.

Anote as dicas

Diminua o tempo no banho

Cinco minutos é mais que suficiente para tomar o seu banho, deixe para pensar na vida em outro lugar. Desligue o chuveiro ao se ensaboar, assim você consegue uma economia ainda maior. Outra dica em relação ao banho é mudar o seu chuveiro; as duchas com vazão enorme de água podem consumir até três vezes mais que um chuveiro elétrico normal.

Feche a torneira ao escovar os dentes

Ainda tem quem escove os dentes com a torneira aberta, fazendo com que litros de água escorram sem nenhuma utilidade. Molhe sua escova, feche a torneira, escove seus dentes pelo tempo que desejar e só abra novamente para enxaguar a boca. A mesma dica vale para os homens quando forem se barbear.

Economize nas descargas do vaso sanitário

Aqui temos várias formas de economizar água. Primeiro, não use o sanitário como lixeira, pois você necessitará de mais água para fazer a limpeza. Pressione a descarga de acordo com a necessidade do gasto, acionamentos de seis segundos gastam até 14 litros de água. Se possível troque seu vaso sanitário por um mais moderno, a partir de 2001 eles utilizam uma tecnologia que faz com que uma descarga gaste cerca de seis litros de água por acionamento. E fique de olho nas válvulas; uma com defeitos ou vazamentos pode fazer com que se gaste até mais que 30 litros. Se você ainda quiser economizar ainda mais com os vasos sanitários, pode evitar dar descarga a cada xixi que fizer, mas esta dica não é recomendada em banheiros compartilhados.

Reduza as vasilhas da cozinha e lave de forma racional

Economize Água

Economize Água

Um outro lugar que gastamos muita água é na cozinha. Num piscar de olhos a pia já está lotada de vasilhas sujas, e para limpar toda aquela bagunça lá se vão pelo ralo, litros e litros de água. Existem várias formas de evitar tanto gasto na hora de arrumar a cozinha. Primeiro, evite tantas vasilhas. Para o lanche evite usar pratinhos e pires para a xícara. Use um guardanapo para colocar lanches secos e use a xícara sem o pires. Opte por panelas antiaderentes pois fica mais fácil lavar, gastando bem menos tempo nelas – suas unhas também agradecem! Ao assar forre as formas com papel alumínio ou papel manteiga, as formas ficarão praticamente limpas e mais uma vez além de menos água para lavar, você fará menos esforço. Antes de lavar as vasilhas retire todo resíduo com a ajuda de colher ou mesmo de um papel, limpe o máximo que puder de forma seca para só depois lavar. Se você utiliza máquina de lavar louças opte por ligá-la apenas quando estiver cheia. As máquinas mais modernas são capazes de deixar as vasilhas super limpas com bem menos água que você gastaria numa lavação normal. Ensaboe as vasilhas e ao enxaguar seja rápido, trabalhe com as duas mãos para aproveitar a água que escorre de uma para enxaguar outra. Use o aerador na torneira, aquele chuveirinho, ele ajuda a melhorar o aproveitamento do fluxo de água. Uma maneira também bastante útil é usar bacias com água; utilize grandes bacias de água e vá passando as vasilhas ensaboadas por elas.

Aproveite a água da máquina de lavar

Uma outra vilã do gasto de água são as roupas sujas. Uma dica é usar as roupas mais de uma vez; quando você usar uma roupa por poucas horas e não chegar a sujá-las deixe-a fora do armário, e não coloque para lavar, aproveite-a mais uma vez antes de levá- la o cesto de roupas sujas. Ao lavar as roupas na máquina de lavar, espere ter roupas sujas o suficiente para encher uma máquina. Desconecte a saída da água para o esgoto e coloque o cano para escoar a água num balde ou no tanque com o bojo fechado, aproveite a última água do enxágue que já não tem sabão para lavar a área de serviço e a calçada.

Regue suas plantas com regador

Evite usar a mangueira para molhar as plantas, utilize um regador com chuveirinho no bico e prefira fazer isso pela manhã ou à noite pois diminui a evaporação. Outro fator de economia de água por diminuição da evaporação é tampar a piscina.

Esqueça a sujeira do carro

Em época de tempo seco a poeira fica por todo o canto, e os carros ficam realmente imundos, mas você vai lavar ele e ao final do dia ele já estará todo empoeirado, então a dica é não se importar com a aparência externa do carro. E quando não tiver jeito e for realmente necessário lavar, faça isso usando balde ao invés de manter uma mangueira ligada o tempo todo. Lavar um carro com mangueira por trinta minutos pode chegar a um consumo de 500 litros de água!

Não lave a calçada com a mangueira

A pior coisa que podemos ver nesses dias de seca é alguém usando a mangueira de água para tirar as folhas secas da calçada. Realmente o tempo está seco e a poeira está demais, a vontade é essa mesma, lavar tudo para umedecer e refrescar, mas lavar a calçada com a falta de água que estamos vivendo além de ser a maior irresponsabilidade, chega ser brega! Evite ser comentário na vizinhança e não pague este mico! Utilize apenas a vassoura para limpar as folhas da calçada ou água reaproveitada.

Use essas e outras dicas que conhecer, oriente sua ajudante de casa, o zelador do prédio. Fale com os amigos e colegas de trabalho, eduque seu filho. Se cada um fizer a parte que lhe cabe esse problema poderá ser amenizado. Em poucos dias essa prática se tornará um hábito e economizar não será sacrifício, será um estilo de vida


Pesquisar
Custom Search
Mulher Esperta em seu email

Deixe sua opinião “Dicas de como economizar água no dia-a-dia