O que é Siringoma?

Este nome é estranho para a maioria das pessoas, mas a siringoma é uma doença bem conhecida. São pápulas (elevações pequenas) da cor da pele, que aparecem, geralmente, na face, na região das pálpebras. Se parecem com pequenas bolsas de gordura, mas na verdade são pequenos ductos das glândulas sudoríparas. Às vezes se juntam, formando placas.

Essas pequenas bolsas não causam nenhum sintoma, mas raramente podem coçar. Além da face, região mais afetada, a siringoma pode aparecer em outros locais, como tórax, pescoço, regiões glúteas, pubiana e vulvar. Ocorre predominantemente em mulheres adultas e brancas, porém, já foram registrados alguns casos de mulheres negras com a doença.

Classificação da Siringoma

A siringoma pode ser classificada em quatro formas:

  • Localizada, que aparece esporadicamente;
  • Familiar, que pode ter heranças genéticas;
  • Generalizada (inclui a forma eruptiva, que são lesões múltiplas que se desenvolvem em conjunto ao mesmo tempo);
  • Associada a síndrome de Down.

    Siringoma

    Pequenas bolsas na região das pálpebras pode ser Siringoma

Causas

As causas da doença não são bem conhecidas, porém, nota-se que pessoas que suam mais têm mais chance de desenvolver as pequenas bolsas. Em alguns casos a doença é genética, sendo passada de pais para filhos. A maior incidência da siringoma está entre adolescentes e adultos do sexo feminino.

Tratamento

Como não gera riscos para o paciente, a siringoma só é tratada por razão de estética. A remoção é feita através de eletrocauterização ou eletrodissecção, excisão cirúrgica, aplicação de alguns tipos de laser ou de técnicas que combinam o uso do acido tricloroacético e o laser de CO2. Como anestésico, basta o uso de pomadas ou cremes.


Pesquisar
Custom Search
Mulher Esperta em seu email

Deixe sua opinião “O que é Siringoma?